Alimentos que ajudam a combater a gastrite.

A gastrite é uma infecção da parede do estômago e acontece quando a acidez aumenta tanto que começa agredir o órgão.

Quando essa inflamação evolui, pode causar uma ferida mais grave, a úlcera. Mas é possível ter úlcera sem ter apresentado gastrite. E o problema pode atingir o duodeno, primeira parte do intestino delgado.

A gastrite está relacionada, ainda, à bactéria Helicobacter pylorii, presente na água e nos alimentos. Quando ingerido, esse micro-organismo passa a morar no estômago e estimula a produção de ácido.Algumas pessoas têm um sistema de defesa mais forte e se protegem melhor. Naquelas com baixa imunidade, a bactéria pode provocar gastrite. Boa parte do tratamento é feita com antibióticos.O tratamento é conjugado com medicamentos e uma boa alimentação.

Alimentos que ajudam a combater a gastrite

 Alimentos altamente antioxidantes: Pesquisas mostram que os alimentos ricos em antioxidantes, como os ricos em vitamina C, vitamina A e flavonoides, podem ajudar a reduzir a inflamação do estômago e reduzir o risco de distúrbios digestivos ou complicações. As melhores fontes antioxidantes são frutas frescas e legumes.

Segundo fontes como a Universidade de Maryland Medical Center, frutas, ervas /especiarias e legumes que são especialmente benéficos para gastrite incluem cebolas, alho, abóbora, pimentão, folhas verdes, alcachofra, aspargos, aipo, funcho, gengibre, açafrão, bagas e maçãs.

Alimentos probióticos: Uma revisão dos estudos sugere que o consumo de probióticos pode ajudar a controlar a bactéria H. pylorii e tratar infecções do trato gastrointestinal que desencadeiam gastrite e úlceras.

Alimentos probióticos, incluindo vegetais cultivados, iogurte, têm inúmeros benefícios para quase todos os aspectos da saúde. Eles reduzem a inflamação, regulam os movimentos intestinais, ajudam a controlar as reações a alergias alimentares ou intolerâncias, e muito mais.

Alho: Consumir alho cru e cozido tem sido um remédio natural para problemas gastrointestinais há milhares de anos. O alho é um antiinflamatório natural e ainda tem algumas propriedades antibióticas. Alguns especialistas acreditam que o alho cru pode até ser capaz de ajudar a reduzir a bactéria H. pylorii e inibir o crescimento de outras bactérias nocivas.

Alimentos ricos em fibras: Uma dieta rica em fibras tem se mostrado benéfica para gastrite e outros distúrbios digestivos. Um estudo feito pela Harvard School of Public Health descobriu que dietas ricas em fibras estavam associadas com um risco reduzido de desenvolver úlceras de estômago em até 60%.

Algumas das melhores fontes de fibra incluem nozes e legumes.

Gorduras e proteínas saudáveis: proteínas ajudam a reparar a parede do intestino e tratar problemas digestivos, que podem desencadear inflamação. Boas fontes de proteína incluem carne, peixes, aves e ovos.

Peixes como o salmão ou sardinhas são especialmente benéficos porque são ricos em omega-3, que são poderosos antiinflamatórios e benéficos para quem sofre de gastrite e úlcera. Outras gorduras saudáveis ​​q fáceis de digerir incluem coco, azeite, abacate e manteiga.

 

Obs: o objetivo desse site é dar dicas de saúde e falar sobre tratamento alternativos.Portanto, não toma o lugar de um especialista.Procure seu médico.

Fonte: G1

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar