A mulher que não se depila há 8 anos! Você tem que conhecê-la já!

Nos dias de hoje, a remoção dos pelos tornou-se quase uma lei para as mulheres. E para muitos homens também. Mas esta menina de 19 anos pensa diferente sobre isso.

Yasmin Gasimova resolveu questionar tudo isso e fazer o que bem entende, tomando uma decisão que dividiu as opiniões da Internet – ela não se depila no dia a dia. E, com muito orgulho, fez um post no seu blog desabafando sobre isso e mostrando o resultado.jovemsemdepilacao2

Yasmin não é uma daquelas feministas que fazem isso para “enviar uma mensagem”, ela apenas não gosta de se submeter a todo esse trabalho com tanta frequência. A jovem diz que a única parte do corpo que depila com frequência é o buço – e só quando tem vontade mesmo. Basicamente, a mesma atitude que muitos homens têm em relação aos próprios pelos.

Ela estuda Ciências da Computação e Filosofia na Universidade de Liverpool, Inglaterra, e confessa ter passado os últimos 8 anos sem dar a mínima para o estado dos seus pelos. Ela ainda se depila, mas de acordo com a mesma, só quando quer passar uma noite com alguém.

“Ser peluda não é nada assustador,” disse Yasmin. “Em uma sociedade onde as mulheres têm quase que uma obrigação para se depilar, eu não tenho vergonha de admitir que não o faço. Eu aparo os pelos púbicos quando viajo, mas se alguém me encontrar num dia normal, verá arbustos nas minhas axilas e as minhas pernas bem peludas.”jovemsemdepilacao1

Yasmin conta também que não foi sempre que ela teve essa autoconfiança toda. Ela já sofreu bullying na escola quando tinha apenas 10 anos de idade por conta de um bigodinho que começou a crescer. “Meus pelos são grossos e crescem rápido,” conta ela. “Isso significa que eu desperdiço uma hora inteira me depilando, e eles crescem de novo em menos de uma semana. Isso sem contar com os pelos encravados que surgem. É bem inconveniente.”

A estudante diz que se sente muito mais livre agora que tomou essa decisão – mas ainda acerta as sobrancelhas. “Se eu me depilar, é para alguma situação especial.”

Ela disse também que espera que outras mulheres sigam o seu exemplo, afinal, ela acredita que algo assim nem de perto a torna menos mulher.

E você, o que achou? Apoia a decisão da Yasmin? Comente o que você pensa!

Leia mais:

+ Família inteira Morre após um Simples Erro na Cozinha

+ Professor atravessa todos os dias um rio nadando para chegar até a escola

Compartilhar