Algumas boas razões para você comer, ainda mais, rúcula

É um dos vegetais mais ricos em vitamina C mas também fornece betacaroteno, óleos voláteis, fibras, sulfurano e ácido erúcico. Antioxidante, facilita a eliminação de toxinas e reforça a resistência a viroses e outras infecções. O betacaroteno que integra é utilizado pelo organismo para produzir vitamina A, uma vitamina anticancerígena.  Além disso, é anti-escorbútica e diurética. Ainda precisa de mais razões para aumentar o seu consumo?

1. É uma boa fonte de fibras.

2. É uma planta diurética.

3. Contém uma grande quantidade de vitamina C, um antioxidante que ajuda o corpo a defender-se das toxinas e reforça a resistência às viroses e a outras infeções.

4. Tem propriedades anticancerígenas por ser rica em sulfurano e betacaroteno, nutriente que o corpo utiliza para produzir vitamina A.

Receita usando rúcula

Ingredientes:
1 pé de alface americana
1 maço pequeno de rúcula
1 cebola cortada em fatias finas
100 g de queijo ralado grosso
2 tomates cortados em cubinhos
100 g de mussarela cortada em tirinhas
100 g de presunto cortado em tirinhas
1/2 xícara (chá) de azeite
1/4 de xícara (chá) de vinagre
1 colher (sopa) de mostarda
1 colher (chá) de orégano
1 colher (chá) de sal
1 pitada de pimenta-do-reino

Preparação
1 – Com as folhas de alface, forre o fundo e as laterais de uma forma redonda de aro removível. Reserve algumas folhas para cobrir a salada.

2 – Coloque, alternando camadas, a rúcula rasgada, a cebola, o queijo, o tomate, a mussarela e o presunto.
3 – Feche com a alface, cubra com papel-alumínio e leve à geladeira.
4 – Prepare o molho: em uma molheira, misture o azeite, o vinagre, a mostarda, o orégano, o sal e a pimenta-do-reino. Sirva com a salada desenformada.

Compartilhar