Durante 10 anos os médicos não conseguem diagnosticar mulher doente, até que dois homens vão a casa dela e desvendam o mistério

A última década foi terrível para Kathi Wilson, uma mulher de 41 anos, cuja condição física se deteriorou ao longo dos anos. Infelizmente, Kathi teve de passar incontáveis horas em consultórios médicos à espera de um diagnóstico que nunca chegou. Eventualmente, as coisas chegaram ao ponto em que ela mal conseguia andar…

Os seus sintomas adicionais, parecidos com os da gripe, eram muito fortes para suportar, e ela passava dias dormindo como uma forma de se esconder da sua angústia física e mental. Porque é que ninguém conseguia descobrir o que a fazia sentir-se tão mal? Então, a causa muito comum da sua misteriosa doença foi descoberta. Mas não foi graças a um teste revolucionário ou a um médico excepcionalmente brilhante. Em vez disso, o diagnóstico veio de dois homens numa camionete empoeirada.

Após dez longos anos sentindo que o seu corpo estava com problemas, Kathi decidiu fazer algo bom para si mesma. Estava na hora de remodelar o seu banheiro. Quando a demolição começou, uma equipe de empreiteiros foram lá para avaliar as atualizações necessárias. Eles iam transformar completamente o aspecto do chuveiro, adicionar azulejos modernos, renovar o lavatório e substituir o aquecedor de água. No entanto, quando a equipe chegou para remover o antigo aquecedor e instalar o novo, eles fizeram uma descoberta surpreendente.

Quem instalou o aquecedor há dez anos fez de maneira incorreta! Sem o conhecimento de Kathi, o tanque estava lentamente vazando gás perigoso e a envenenando-a sem perceber. Ao perceber o tamanho do problema, os empreiteiros contataram Kathi e deram-lhe a notícia. Todos os sintomas dela de repente fizeram sentido!

Aquela era a resposta pela qual ela passou uma década orando – e tudo graças a dois empreiteiros! Felizmente, agora ela está se recuperando. COMPARTILHE!

+ Policial pára homem que se parece com o seu filho morto. Um pouco depois, ele vê o que está no painel

+ A mulher de 63 anos que é considerada “a avó mais bonita do mundo”. Veja só quando ela se vira

Compartilhar