Envolver comida em papel-alumínio é um grande erro

Se tem sobras de comida, a melhor maneira de armazená-los é envolvê-las em película aderente.

Recomenda-se que não use folha de papel-alumínio, apesar de ser uma prática generalizada.

O papel-alumínio é obrigatório em qualquer cozinha. É um produto muito útil e o usamos muito, seja para cozinhar alimentos no forno, para embrulhar sanduíches ou para armazenar alimentos na geladeira. Mas sabia que não deveria usá-lo para embrulhar sobras?

Se costuma usar folha de papel-alumínio para armazenar suas sobras, é melhor parar de fazê-lo, pois esta prática pode colocar em risco sua saúde.

O Departamento de Saúde do Estado de Washington nos Estados Unidos, disse que algumas bactérias, como o staphylococcus e Bacillus cereus, produzem toxinas que não são destruídas pelas altas temperaturas em que os alimentos são cozidos.

Se cobrir um alimento quente com papel-alumínio, o material não o veda completamente e permite que o ar entre em seu interior, permitindo que as bactérias se reproduzam.

Portanto, se envolve os alimentos cozidos em folha de papel-alumínio e os deixa à temperatura ambiente por mais de duas horas, as bactérias crescerão rapidamente, contaminando os alimentos e colocando em risco sua saúde. Se consumido, você corre o risco de intoxicação alimentar.

Para preservar adequadamente os alimentos cozidos, é melhor utilizar materiais que não permitam a passagem de ar ou recipientes herméticos. Por esta razão, nunca use folha de papel-alumínio ao armazenar sobras: use película aderente ou uma tampa hermética.

A carne e os produtos lácteos são os mais delicados, por isso é preciso ter cuidado em especial com esses alimentos.

Compartilhar