Esquilo toca na janela da família todos os dias: 8 anos depois eles percebem o que ele queria lhes mostrar

Os animais têm a qualidade de tocar o coração das pessoas. Quando Brantley Harrison e sua família, nos EUA, salvaram um esquilo ferido em 2009 e depois o libertaram na natureza, eles nunca pensaram que veriam o animal novamente.

Foto: Instragam

Mas oito anos depois, esse esquilo fêmea chamado de Bella pela família, procurava algo para comer todos os dias na casa deles. Este esquilo estava quase morrendo depois de ter sido atacado por uma coruja. Então foi acolhido e cuidado pela família Harrinson, na Carolina do Sul, e viveu por um bom tempo com outros três esquilos.

A família cuidou dele como se ela fosse um membro da família. Bella ficou na casa da família até a primavera de 2010 e se recuperou com a ajuda de uma dieta constante de frutas e nozes.

Finalmente totalmente recuperada, ela estava pronta para ser devolvida à natureza, deixando sua família adotiva, para viver sua vida em liberdade. Mas a verdade é que esse esquilo não ficou muito tempo longe da família e agora ele voltou e vem saudar a família com frequência, apesar de ter passado muito tempo desde a época que a família a ajudou.

Foto: Instagram

“Bella geralmente se senta na porta da frente e espera até que alguém perceba que ela veio dizer oi. Às vezes, ela até pula no peitoril da janela da sala de jantar e fica olhando até que alguém a veja, diz Brantley Harrison, ao site The Dodo.

A coisa mais fantástica sobre essa história é que depois de oito anos, Bella voltou novamente a ser ajudada com uma perna ferida, na ocasião ela teve outros filhotes, o que significou vários meses de reabilitação com a família Harrison.

Ela nunca esqueceu a família e voltou novamente para ser ajudada, e trouxe consigo a coisa mais importante que existe, seus próprios filhos.

“É maravilhoso ver que o animal que eu cuidei, agora cuida de seus próprios filhos”, diz Brantley Harrison.

Há algo especial com os animais e esta história demonstra a maravilhosa troca que podemos ter entre pessoas e animais. Compartilhe este artigo para que outras pessoas possam ler sobre esse esquilo amado!

 

Compartilhar