Foi abandonado 5 vezes por ser “desobediente” até descobrirem que algo estava errado

Com apenas 10 meses de vida, Ivor, um cão Staffordshire que nasceu surdo, foi abandonado 5 vezes porque era “desobediente”. Sua deficiência não era compreendida, ou ele não queria ser compreendido, pelos lares pelos quais ele passou até chegar ao atual.

Mas antes disso, Ivor entrou no Centro RSPC, uma sociedade para a prevenção da crueldade contra os animais, para superar alguns dos problemas de confiança que ele trouxera consigo durante todo esse tempo.

Em questão de semanas, Ivor se tornou um cão confiante e doce. Sua confiança não só foi restaurada, mas no centro ele aprendeu a ordem de “sentar” e “entrar” na linguagem de sinais.

Com essas novas habilidades, Ellie Bromilow, sua atual proprietária, se apaixonou por ele e decidiu adotá-lo. Com ela, o cãozinho assimilou novas ordens como ‘ficar parado’ e está aprendendo alguns truques novos, como rolar.

“Ter um cão surdo é como ter um cachorro que ouve”, disse Ellie ao Express.co.uk. Ela confessa que fala com ele o tempo todo, mesmo que ele não a ouça. Quando se trata de brincar, em vez de se concentrar em brincadeiras que precisam do sentido da audição, Ellie se concentra em todas aquelas que precisam do sentido do olfato. Ivor não pode estar mais feliz.

Compartilhar