Heroína que salvou motorista de caminhão no acidente envolvendo Boechat ganha tratamento contra tumor

A heroína, Leilane Rafael da Silva, de 28 anos, mãe de 3 filhos, foi a responsável em ajudar o motorista do caminhão preso nas ferragens, no acidente que tirou a vida do jornalista Ricardo Boechat e do piloto do helicóptero.

Resultado de imagem para HEROÍNA QUE SALVOU MOTORISTA DE CAMINHÃO NO ACIDENTE COM BOECHAT GANHA TRATAMENTO CONTRA TUMOR
Foto: Reprodução

Em 2018, a jovem ficou sabendo que era portadora de uma doença rara, conhecida como: Anomalia Vascular Cerebral ( um tipo de tumor).

Os sintomas apresentados pela doença, são: problemas no sistema circulatório, dor de cabeça crônica, tontura, convulsões, hemorragia, perda de coordenação motora e perda de memória.

A doença é ocasionada pela má circulação e geralmente afeta o cérebro.

Após tornar-se conhecida, infelizmente pelo acidente, um neurocirurgião soube da doença de Leilane e  se colocou à disposição para fazer a cirurgia, precisando apenas que ela encontrasse o hospital.

Atualmente, ela está fazendo os exames necessários para realizar o tratamento.

Compartilhar