Homem de 41 anos processa os pais, para que eles o sustentem por tempo indefinido

Um advogado desempregado de 41 anos processou os pais, depois que resolveram parar de sustentá-lo financeiramente.

Imagem: Ilustrativa

O homem, que mora em Londres, revelou que tem doença mental e precisa da ajuda deles.

Por outro lado, os pais argumentaram que foram obrigados a reduzir o apoio financeiro, porque a relação entre eles estava bem problemática.

Mas eles não o abandonaram completamente, o advogado continuou morando em um apartamento deles, com todas as contas pagas. Não se contentando com isso, resolveu entrar na justiça. Os genitores também procuraram o juiz que cuida do caso. Por enquanto, ainda não há nenhuma solução em vista.

Compartilhar