Jovem com autismo desafia todas as probabilidades e torna-se advogada

Esta é a história de Hailey Moss, diagnosticada com autismo aos 3 anos de idade. O médico da menina disse aos seus pais que ela viveria sempre com uma deficiência mental, que a impossibilitaria de encontrar emprego.

Passados 20 anos, Hailey provou que o médico não podia estar mais errado sobre ela. Embora tivesse, de fato, autismo, Hailey foi criada pelos pais como qualquer outra criança, rodeada de amor.

Os pais da jovem inscreveram-na na terapia desde cedo, o que lhe permitiu entrar numa turma tradicional com 4 anos.

Resultado de imagem para haley moss

Não é tarefa fácil encontrar emprego quando se tem autismo, pois muitos apresentam problemas de relacionamento e na fala. Por isso, muitas pessoas autistas acabam contentam-se com funções pequenas e o salário baixo.

Mas Hailey recusou-se a desistir e contou com o apoio dos pais e terapeutas para se formar na Universidade da Flórida, em Psicologia e Criminologia. Muitos foram o que disseram que ela não conseguiria, mas no final a jovem guerreira conseguiu.

Atualmente, Hailey é advogada em defesa da neurodiversidade, e a prova de que até pessoas com autismo podem ter sucesso na vida.

Agora, o seu objetivo é mostrar às pessoas que o autismo não impede que uma pessoa tenha sucesso na vida.

Compartilhar