Jovem que vendia doces para pagar cursinho é aprovado em medicina na Universidade de Brasília

Foto: TV Globo

O jovem Lucas Carvalho, de 17 anos, morador do Sol Nascente, realizou seu grande sonho ao ser aprovado no curso de medicina na UnB (Universidade de Brasília) pelo sistema de cotas.

Inicialmente, queria ser músico, mas seu desejo mudou radicalmente quando, em 2016, quebrou um braço. E, ao chegar no hospital, viu a realidade das pessoas que ali estavam.

“Quando eu entrei no hospital, eu falei assim: essas pessoas precisam de um médico, de alguém que conheça a realidade delas”, disse Lucas.

Alcançar seu objetivo, não foi nada fácil! Ele entendeu que, para concorrer a uma das vagas, precisava fazer um cursinho. A renda da família era de apenas R$1.200,00, mantida pela mãe, que trabalha como empregada doméstica. Então, resolveu empreender, vendendo doces nas ruas e nas portas dos colégios.

O negócio, das vendas de doces, cresceu. Atualmente, ele atende pedidos para festas e é ofertado nas redes sociais.

Lucas não perdeu o foco. Fazia o cursinho e tirava tempo para estudar em casa.

Ana Paula Carvalho, a mãe, trabalha o dia todo como empregada doméstica para sustentar a família e quer que o filho tenha um futuro promissor.

“Tudo que eu quero é que ele estude, tenha uma casa e vida própria”, concluiu,  Ana Paula Carvalho, a mãe.

Compartilhar