Mãe de 5 filhos perde o marido. Então, o professor das crianças faz um pedido que deixa toda a cidade falando

Segundo todos os relatos, Luke Reece era um pai amoroso, um marido dedicado e membro trabalhador da comunidade de Davison, Michigan. Então, quando ele foi levado para o hospital de repente devido a uma trombose venosa profunda (coágulos no sangue), todos oraram por um milagre. Infelizmente, a situação piorou e Luke faleceu com apenas 32 anos, deixando centenas de amigos, familiares e entes queridos sofrendo.

Shelley e os seus cinco filhos não conseguiam imaginar a vida sem ele, a sua rocha. As coisas nunca mais seriam as mesmas sem o sorriso de Luke.

Enquanto o bairro se juntou para ajudar a família Reece financeiramente, o ex-professor da sua filha, Steven Culbert, decidiu ajudar de uma maneira diferente. Ele passou no quarto do hospital de Luke várias vezes e fez questão de apoiar toda a família o melhor que pôde.

Como a saúde de Luke continuava piorandor, Steven sentiu que tinha pouco de tempo para realmente fazer a diferença. Com o coração pesado, foi até ao quarto de Luke uma última vez. Mas aquela visita tinha um propósito específico: ele tinha que fazer uma pergunta incrivelmente importante a Luke.

Steven pediu a Luke permissão para levar as suas duas meninas para o baile da escola de pais e filhas, em companhia de suas filhas. Luke concordou entusiasticamente antes de falecer. Na ocasião um coágulo de sangue se moveu para o coração, causando uma parada cardíaca.

Entretanto, Shelley publicou uma mensagem sincera na sua página no Facebook , agradecendo a Steven pela sua generosidade e compartilhando exatamente o que aconteceu na noite da dança:

“Uau! Não há palavras suficientes para expressar a minha gratidão a este professor e amigo humilde e a todos os envolvidos por tornarem esta noite inesquecível. Ele colocou os braços em volta das minhas filhas e certificou-se de estar lá desde que Luke faleceu.

Ele, entre muitas outras pessoas, certificou-se que aquele era um dia para recordar. A manhã começou com ele levando os meus filhos para o café da manhã com a sua adorável família, depois para o parque para brincar, depois para o salão de beleza, onde deram atenção as unhas e os cabelos, e no final, para o McDonalds tomar um sorvete. Elas ficaram muito animadas e surpresas de ir ao baile em uma limusine.

Eles divertiram-se muito e não paravam de falar sobre isso. Eu não posso agradecer o suficiente ao Sr. Culbert e todos os outros que tornaram este dia possível. Obrigada também às suas filhinhas por compartilharem o pai”, disse a esposa.

Steven não tinha a obrigação de levar as filhas de Luke para o baile de pai e filha, mas ele fez questão. Na mente de Steven, ele apenas fez o que esperava que os outros fizessem se ele morresse inesperadamente.

Ainda bem que existem pessoas como Steven no mundo, dispostas a doar o seu tempo e amor para tornar o dia de alguém um pouco mais alegre. COMPARTILHE!

Compartilhar