Mães ficaram furiosas após funcionários de creche tirarem sobrancelhas de seus filhos

Fotos compartilhada por Alyssa Salgado nas redes sociais (Foto: Reprodução Facebook)

Duas mães americanas, Alyssa salgado e Glenda Maria Cruz, acusaram a creche de seus filhos de depilar as sobrancelhas delas sem sua autorização.

A creche, Boys & Girls Club em Washington, estava encarregada de cuidar das crianças, de menos de dois anos, mas as crianças apareceram com as sobrancelhas raspadas, o que provocou a raiva das duas mulheres, que publicaram nas redes sociais o que aconteceu.

Pelo menos duas delas não vão mais levar seus filhos de volta para esta creche. Uma delas, Alysa salgado, de 19 anos, publicou isso no Facebook:

“Levei minha filha para cuidarem dela enquanto eu estava no colégio. Então eu fui buscá-la e eu vi que tinha uma marca vermelha entre as sobrancelhas, eu pensei que era coceira, mas quando cheguei em casa eu olhei para ela de perto e percebi que essas mulheres tinham decidido raspar a sobrancelha da minha filha”.

Ela também publicou duas fotos, mostrando que sua filha perdeu alguns dos pelos da sobrancelha.

Entrei imediatamente em contato com a diretora da creche, que me deu várias desculpas, mas esta manhã eu levei minha filha pessoalmente para vê-la”, disse. “Ela riu na minha cara e mentiu para mim. Fiquei zangada. Eu sou mãe e isso não deveria acontecer, eles não tinham o direito de tocar na minha filha”, afirmou a mãe.

Algumas horas depois, outra mulher, Glenda Maria Cruz, denunciou algo semelhante.

“Sua pele é muito delicada e ninguém tem o direito de fazer isso com uma criança. A pessoa encarregada me disse que ela falou com a equipe e que eles disseram que não tinha feito isso. Ela me perguntou o que eu queria e, em seguida, me disse que ninguém me forçou a levar o meu filho para a creche”, escreveu ela.

Ambas decidiram relatar os fatos à polícia, investigando o que aconteceu. A creche também assegurou que ela está verificando as alegações que recebeu das mães.

“A creche leva essas acusações muito a sério e vai trabalhar para apoiar a investigação em andamento. O Boys & Girls Club está empenhado em trabalhar com segurança e apoiar o programa para servir os jovens em nossa comunidade”, disse à responsável da creche.

Compartilhar