Menina é salva por avó após ser picada por uma das cobras mais venenosas do mundo

A mãe de uma menina de 3 anos que foi picada por uma cobra venenosa enquanto brincava em casa procura agora incentivar as pessoas a aprender primeiros socorros, que foi o que permitiu salvar a vida da filha.

Lucia Carna estava jogando bola com o irmão e a avó quando foi picada por uma cobra altamente venenosa, que acreditam ser uma dugita.

Sem saber, Lucia pisou a cobra depois que surgiu de um canteiro de jardim no quintal de casa da sua avó em Mandurah.

Foto: Reprodução

A sua avó Jill manteve Lúcia imobilizada e envolveu as suas pernas com ataduras até que uma ambulância chegasse e a levasse para o Hospital Geral de Rockingham, na Austrália.

A mãe de Lucia, Holly, disse que foi esse tratamento rápido de primeiros socorros que manteve a menina viva.

“O que nos disseram no hospital foi que as ações da minha mãe logo depois da picada fizeram uma enorme diferença”, disse ela.

Embora as mulheres estivessem cientes dos perigos das cobras, não esperavam vê-las nos arredores.

“Se isso pode acontecer aqui, pode realmente acontecer em qualquer lugar”, disse Holly, que agora defende que cada pessoa dedique um tempo para aprender primeiros socorros.

“Quando você pensa em primeiros socorros, pensa que vai se deparar com um acidente de automóvel, ou que uma pessoa no restaurante vai ter um ataque cardíaco e você vai ser necessário. Mas o mais provável é que você acabe por usar os primeiros socorros em alguém com quem passa muito tempo, alguém que ama. Portanto, definitivamente vale a pena aprender, porque pode ajudar a salvar vidas”, explicou Holly.

Mas afinal, o que se deve fazer se for mordido por uma cobra? O médico de emergência que tratou de Lucia, o professor Stephen Grainger, disse que aplicar pressão na área da picada é a coisa mais importante para ajudar.

“A maioria das mortes por picadas de cobras venenosas ocorre antes da chegada ao hospital por causa de uma parada cardíaca. O objetivo de uma bandagem de pressão é tentar retardar a disseminação do veneno pela circulação sanguínea e prevenir a parada cardíaca precoce. Se o paciente desmaiar e tiver uma parada cardíaca, sabemos que com a técnica de reanimação cardiopulmonar que se aprende em cursos de primeiros socorros é possível melhorar muito o resultado, pois há uma boa chance de a pessoa chegar ao hospital e receber o antídoto a tempo”, explicou o médico.

O especialista em tratamento de cobras, Paul Kenyon, disse que as cobras são atraídas para as casas devido à presença de alimentos, animais de estimação e roedores.

Ele disse que as pessoas deveriam tratar todas as cobras da mesma maneira – com cautela. “Se você não tem 100% de certeza, trate todas como venenosas. Acima de tudo, nunca tente pegar nelas nem matá-las – a maioria das pessoas geralmente é mordida quando tenta pegar ou matar uma cobra”, explicou o especialista.

Kenyon concorda que os primeiros socorros são essenciais nos momentos após a picada de uma cobra.

“Eu mesmo já sofri várias mordidas e sempre que apliquei os primeiros socorros, isso fez uma grande diferença. O procedimento de primeiros socorros retarda a disseminação do veneno, se você fizer tudo certo”, acrescentou.

Quanto a Holly, ela espera que mais adolescentes aprendam primeiros socorros básicos na escola.

“Tratar de uma ferida é algo que qualquer pessoa pode fazer. Esse é o conhecimento que eles reterão e, com sorte, um dia serão capazes de usá-lo e ter um resultado semelhante ao que tivemos”, disse.

Compartilhar