Miss é humilhada por ser de uma família humilde. Ela responde e ganha o apoio do público

Lupita Valero é uma jovem nascida no estado de Guerrero, no México, a linda menina participou do reality show da TVAzteca, “mexicana universal” representando seu estado, mas sua beleza e classe tem sido criticada e discriminada por sua situação humilde.

Em sua participação no programa de televisão, ela teve que suportar comentários maliciosos em referência à sua situação econômica.

Durante o último capítulo do programa, um dos jurados perguntou-lhe o que ela achava dos comentários depreciativos que ela recebeu por trabalhar como garçonete e sua resposta foi brilhante e cheio de classe.

“Minha cara representante de Guerrero, a pergunta é para você, mas eu vou dedicá-la a um pobre homem de quem eu tive a infelicidade de ler um comentário que me deixou muito zangado, então eu faço a pergunta com todo o meu coração, porque eu sei que você vai responder corretamente”, disse o estilista David Solomon,” você foi discriminada por causa do seu emprego?”, perguntou ele.

Na ocasião, Lupita respirou fundo e começou a falar, confirmando que ela realmente sofreu discriminação.

“Sim, eu fui discriminada por ser uma garçonete”, disse ela, “eles me humilharam, disseram palavrões, olhavam para mim e acreditavam que eram superiores a mim”, ela confessou.,

“Eu sou a filha de um cozinheiro. Sempre fui ensinada que qualquer emprego, contanto que seja digno, se for honrado, é respeitável”, disse ela.

Ela, também, falou que não só foi discriminada por causa do seu emprego, mas foi humilhada por causa da sua condição socioeconômica.

“Eu li um comentário em que ele disse que todas parecem bonitas, mas a de Guerrero você pode ver as sandálias de longe. Eu quero dizer a essa pessoa que sim, que uso sandálias e eu amarrei-as bem antes de vir a este concurso, porque eu estou orgulhosa do que eu sou e de onde eu venho”, respondeu à mexicana.

A resposta dura de Lupita viralizou nas redes sociais, ganhando o apoio de milhares de usuários.

Compartilhar