O perigo da cebola que nunca te disseram! Conheça e tenha muito cuidado!

Muitas pessoas ainda não conhecem este perigo que envolve a cebola, aquela cebola que todos temos em casa para cozinhar, e que nem imaginamos que pode ser fatal para a nossa saúde. E o pior é que muita gente faz isso, passa por esse perigo várias vezes, sem saber o risco que está correndo.

Em 1919, quando a gripe matou 40 milhões de pessoas havia um doutor que visitou muitos agricultores para ver se ele poderia ajudá-los a combater a gripe, pois muitos deles que tinham contraído a doença acabaram morrendo.

Numa visita na propriedade de outro agricultor, na mesma região, o médico ficou surpreso em ver o bom estado de saúde que encontrou naquele local. Todos estavam muito saudáveis. Quando o médico perguntou ao agricultor o que eles estavam fazendo para se protegerem da gripe, a mulher deste prontamente respondeu que ela colocava uma cebola cortada (com casca) em pratos e distribuía-os nos quartos da casa.

O Médico não podia acreditar no que ouviu. Pediu ao agricultor para lhe entregar uma das cebolas que estava usando e pôs sob seu microscópio, quando então observou um enorme número de bactérias da gripe ali acumulados. Levado a um pneumologista, este explicou que as cebolas são um ímã enorme para as bactérias, especialmente as cebolas cruas.

Resumindo, nunca guarde cebolas cortadas para serem usadas no dia seguinte, mesmo que colocadas em sacos fechados, herméticos ou na geladeira. O seu consumo deve ser imediato, uma vez que pode ser um perigo consumi-las posteriormente.

Além disso, os cães nunca devem comer cebolas. O estômago do cão não pode metabolizar cebolas.

Lembre-se: é perigoso cortar uma cebola e consumi-la no dia seguinte. A cebola se torna altamente venenosa, mesmo depois de uma única noite, e cria bactérias tóxicas. Estas bactérias podem causar infecções do estômago, provocam efeitos adversos por causa de secreções biliares em excesso e intoxicação alimentar.

O que você acha dessa informação? Concorda ou não? Dê seu comentário!

Compartilhar