Pai que tatuou cicatriz em apoio ao filho e foi eleito melhor pai do mundo, se despediu do menino de 9 anos

O menino Gabriel Marshal de 8 anos perdeu a luta contra um câncer cerebral descoberto em 2016. A história de Gabriel se tornou conhecida nas redes sociais, após o pai tatuar em sua própria cabeça o desenho da cicatriz de uma cirurgia realizada no menino na época.

Após a morte do filho, Josh postou algumas palavras emocionantes despedindo-se dele:

“Ele ganhou asas. Ele foi meu super-herói e me mostrou o que a vida realmente é e como apreciar o máximo de tudo”.

Segundo o pai, a luta durou três anos e apesar disso o filho acabou falecendo.

“Não consigo mesmo descrever exatamente como me sinto. Meu coração está partido, não só perdi meu filho, também perdi meu melhor amigo”.

Compartilhar