Pescadores pensaram que viram uma foca em um iceberg, até que olharam mais de perto

Estes pescadores acharam que tinham visto uma foca num iceberg, até olharem mais de perto.

Os grandes eventos acontecem inesperadamente, e foi precisamente um grande evento que testemunharam os pescadores Allan Russel, Mallory Harrigan e Cliff Russell quando eles entraram no mar a alguns quilômetros da costa de Labrador, no Canadá.

De longe, eles conseguiram observar um iceberg, que ficou à deriva. Em cima dele havia uma pequena criatura, os pescadores achavam que talvez fosse uma foca, mas quando se aproximaram tiveram uma grande surpresa.

Não era nada menos que uma raposa ártica. O pequeno animal indefeso parecia aterrorizado, possivelmente com fome e estava sendo atacado por gaivotas.

Os pescadores pensaram que talvez a pequena raposa tivesse ficado presa quando nadava à procura de comida. Infelizmente, o pedaço de gelo na qual ela estava dividiu-se, levando-a para o mar.

Os três homens decidiram fazer algo pelo animal porque na situação em que ele estava não era provável que sobrevivesse.

Eles colocaram o barco ao lado do iceberg para que a raposa pudesse subir a bordo, não foi uma tarefa fácil, pois o animal estava com muito medo e tentou fugir dos pescadores, para resgatá-la tiveram que partir o pedaço de gelo onde estava e apanhá-la com a rede de mão. Finalmente eles conseguiram resgatá-la.

Depois dos pescadores a colocarem no barco, eles botaram a raposa numa pequena cama que eles improvisaram para que pudessem cuidar dela até que ela recuperasse a sua saúde. A raposa estava muito fraca, então ela dormiu a maior parte do caminho. Quando ela finalmente acordou, ele estava muito nervosa, mas depois de ser alimentada, ela permaneceu calma.

Ao despertar, ela foi capaz de alimentar-se de uma lata de salsichas que os pescadores lhe ofereceram.

Ao chegar a terra a raposa foi libertada ao seu habitat natural, o grande gesto destes pescadores salvou a vida à pequena criatura. Agora ela está segura e um dos pescadores confessou que de vez em quando ele volta para ver a raposinha.

Compartilhar