Menina desaparecida há 4 anos é encontrada por um milagre

Uma menina australina desaparecida há 4 anos, finalmente foi encontrada, para a alegria da família e de todas as pessoas que acompanharam o caso.

Em 2014, Layla Leisha, moradora de Calliope, comunidade de 3.050 habitantes, na Austrália, simplesmente desapareceu.

Resultado de imagem para layla leisha

Na ocasião, a menina foi mandada para ficar com o pai, Shahrainier Eric Shem Leisha, já que os pais eram divorciados. Após o sumiço da filha, ele afirmou que o desaparecimento estava ligado ao tráfico de crianças.

As autoridades, então, concentraram as buscas em torno da cidade, de Lismore, local onde a menina tinha parentes, quase 1000 km ao sul de onde desapareceu.

Após intensas buscas, um parente encontrou a menina em uma comunidade aborígene australiana em Woorabinda, cerca de 200 quilômetros de Calliope.

“Queremos agradecer ao público e à mídia por seu contínuo interesse e apoio no assunto”, disse a família em um comunicado.

As autoridades não forneceram nenhuma informação sobre o caso, a não ser, o fato da menina ser encontrada.

O especialista em procurar crianças, Chap Chapman, informou publicamente que a criança foi encontrada em condições precárias.

Leia mais

+ Professora corta cabelo igual ao da aluna que foi excluída por colegas

+ O menino que se perdeu em uma floresta durante dias diz que ele estava com um urso o tempo todo

“Ela não ia à escola e mal sabia ler ou escrever. Há uma preocupação real com o estado e a saúde da menina”, afirmou Chap.

Caso semelhante aconteceu, em 2006, na Praia da Luz, em Portugal. Na época, a menina inglesa, Madeleine McCann, também desapareceu.

COMPARTILHE!

Compartilhar